Os direitos autorais são protegidos pela lei nº 9610/98, violá-los é crime. - Ao copiar textos, atribua os créditos. Obrigada!

domingo, 17 de junho de 2012

Quem fala e faz o que quer em afronta, ouve e sente o que não quer em estilo...

E mais ou menos assim que funciona quando estamos em um dia de fúria e alguém chega para nos falar de coisas que não estamos afim de ouvir.  Nem sempre conseguimos conciliar paciência com boa educação e acabamos metendo os pés pelas mãos agindo e falando impensadamente .

Sempre fui adepta a sinceridade, gosto de pessoas neste nível, que se alimentam de boas palavras e princípios, e falam com franqueza sem deixar vestígios de dúvidas, impõe sua opinião com delicadeza, e quando abrem a boca  são respeitadas pela forma como se expressam , convictas do que falam , deixando uma semente ao qual  chamamos de respeito. 

Mas abomino aqueles que fazem do momento um palanque de circo, sempre tentam expor o que sentem de forma grosseira, armam barracos desnecessários , machucam, ofendem e batem no peito e dizendo "me desculpe mas sou sincero(a) " se privando da boa educação, dos bons costumes, e dos princípios básicos que todo ser humano adquire ao nascer, a condição de ser gente..

Para toda ação há uma reação,  somos livres para fazer e falar o que quisermos, desde que estejamos preparados para o que poderá vir a ser conseqüência disto. A árvore é conhecida pelos frutos que dá , nossas atitudes muitas vezes revelam nosso caráter, a forma como conduzimos qualquer situação  demonstra o que somos  .

Sinceridade significa pessoa que fala o que pensa de forma franca, pura, cordial e leal, portanto pureza , cordialidade e lealdade acompanham os sinceros . ao contrário de quem age com indelicadeza  e falta de educação, além de se tornar o centro das atenções que não merece aplausos e sim escândalo denegrindo a si mesmo.

Portanto devemos sempre lembrar que falar e fazer o que queremos sem princípio algum é um direito que nos assiste , mas poderemos confrontar com o que não queremos e sairmos envergonhados mediante a defesa de quem tem bons frutos para nos oferecer...


Quem fala e faz o que quer em afronta, ouve e sente o que não quer em estilo...


Cecília Sfalsin

33 comentários:

  1. Oi Cecilia
    Belo texto, concordo plenamente com a ideia de que; quem fala o que quer...Vai irreversivelmente ouvir verdades que não quer ouvir.

    Ótima semaninha para você!
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Duh,

      As verdades que buscamos nem sempre são as mesmas que impomos..portanto os cuidados devem ser abraçados...

      Beijos e obrigada

      Excluir
  2. Amiga, como este post é verdadeiro! Concordo e assino embaixo! E é bem assim mesmo! Em qualquer momento.... Minha avó sempre dizia, quem diz o que quer, deve estar preparado pra ouvir o que não quer ou não vai gostar de ouvir....
    Um abençoado início de semana!
    Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elaine,

      Sua vó tinha toda razão , e a regra prevalece até hoje, para aqueles que insistem em ser sinceros com grosseirias...

      Beijos amiga e obrigada

      Excluir
  3. Grande amiga sua postagem é muita sábia em todos os seus pormenores e vejo que é uma boa dica e também um bom caminho a seguir e penso ser estes seus escritos um correto proceder principalmente para aqueles que exercitam o que conhecemos como "domínio próprio" e agindo assim qualquer pessoa sempre colherá bons frutos no seu tempo certo, não é mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Charles,

      Exatamente, os que exercitam o domínio próprio se manifestam de forma coerente, sem causar danos a moral de ninguém, sabias palavras as suas...

      Abraços e obrigada...li la no blog para respondê lo

      Excluir
  4. Oi Cecília
    Primeiro quero dizer que a imagem que usou é mesmo muito legal em conformidade com o texto, rss bom humor mas uma atitude que realmente gostaríamos de tomar muitas vezes.
    O famoso bate bola né ? o toma lá dá cá..
    Infelizmente todos caímos nessa atitude algumas vezes, em vez de nos calarmos vamos logo trocando desaforos ou acusações.... deve ser herança de Adão, que foi logo respondendo pra Deus... Essa mulher que tu me deu kkkkkkkk
    Veja onde vai nossa "sabedoria" .. ou seria melhor dizer de onde vem... kkk to eu aqui já acusando Adão kkkk
    ótimo post amiga, realmente a melhor atitude no caso é deixar nosso interlocutor mau educado falando sozinho .. nem sempre conseguimos mas creio que é o certo.
    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A imagem ficou perfeita pra quem fala demais não acha Sérgio?

      Pois bem amigo, o ser humanos é muito complexo, e meio que descontrolado quando não se domina, capaz das maiores loucuras sem medir conseqüências futuras, infelizmente fazem e falam sem pensar quando querem expor suas insatisfações, ódio e raiva e acabam recebendo o que não esperavam de forma educada de quem realmente conhece o que significa sensatez, e educação..:)

      Abraços meu amigo e obrigada

      Excluir
  5. Boa tarde Cecilia

    Aqui é hábito dizer:..." quem diz o que quer,ouve o que não quer...",por isso é de bom senso pensar antes de abrir a boca e dizer besteiras...

    ...palhaços,só no circo...

    Amei seu texto!
    beijos
    joana mendes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jô,


      Aqui se usa o mesmo termo, e quem fala o que acha correto sem pensar corre o grande risco de envenenar pelas próprias atitudes...

      Beijos amiga e obrigada

      Excluir
  6. É bem por aí mesmo Cecília, concordo e não discordo. Sinto falta de quando conversavamos francamente, era bom pacas, ao menos não faltava sinceridade entre nós, achei perfeita suas colocações, escrevi algo sobre isso, ontem, está faltando destreza nas pessoas, no trato uns poara com os outros.

    Valeu!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A sinceridade sempre reinou Dany, é assim entre amigos de verdade, só quem não abraça a sinceridade não percebe isto, e foge do respeito, mas enfim que sejamos o que somos mas de forma educada e honesta sempre, sem atos impensados...

      Abraços e obrigada

      Excluir
  7. Olá Cecília!!! Tudo bem?

    Concordo com você! Sinceridade não tem que ser agressiva. Na verdade, quando a raiva é a emoção que rege essa "sinceridade", torna-se algo negativo e nesses momentos, torna-se fundalmente medir a força das palavras que jogamos no mundo.
    Portanto, muitas vezes podemos ser sinceros e deixar de falar o que precisamos naquele momento apenas para não ser vítima da emoção descontrolada. Aí no momento de serenidade, nossa sinceridade será muito mais construtiva.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lidiane ,

      A sinceridade sugere delicadeza, e não grosseria, as pessoas confundem muito isto, e agem inconscientemente, causando graves conseqüências pela falta de sensatez. Podemos sim sermos sincero de forma educada e honesta sem perdermos nossos princípios e valores...

      Amiga , abraços e grata pelas sábias palavras que em muito acrescentou ..

      Excluir
  8. Confesso que tive a minha atenção chamada pelo título sugestivo, mais ao lê-lo me surpreendo com um texto consistente e inspirador, sei que da onde vinha não poderia ser diferente.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Antonio,

      Sempre tão gentil meu amigo....

      Obrigada pelo carinho

      Excluir
  9. Ah Cecília, pessoas que fazem algazarra quando querem se expressar, estão com vontade de chamar atenção. Sinceridade é quando queremos expressar uma opinião a outra pessoa sem balburdia, com carinho e cordialidade.
    Sem pensar abrimos a boca e destratamos o próximo, mas o ponto em questão é quando o outro tem uma resposta bem dada para dar ai ficamos sem graça, sem jeito e queremos concertar de alguma forma, mas já é tarde falou o que queria não falou?? Agora ouve o que não quer rs
    Ótimo texto Cecília querida, um grande beijo e uma excelente noite.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Cla, concordo com sua visão, pessoas que armam algazarras querem apenas chamar atenção. A sinceridade não invade a conduta do outro, não agride, não faz escândalos , mas apaziguam de forma sábia e cuidadosa, usando dos bons princípios, valores e a boa e agradável educação. Transmitindo de forma sensata suas verdades....

      Beijos Cla e obrigada por acrescentar...

      Excluir
  10. Oi, Cecília. Acho que um tremendo mau gosto pessoas que usam a sinceridade de forma errada. Denominam sinceridade a falta de educação e ainda acham que estão certos. Duas coisas que aprendi na via: que na hora da raiva, devemos nos calar, ou ainda, pensar no que falar, para não magoar alguém de graça. E que há coisas que não precisam ser ditas, porque não vão tornar a vida do outro melhor. Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato Bia,

      Fazem uma confusão entre ser sincero e ser grosseiro, agem sem pensar, humilham, ofendem e batem no peito dizendo ser sincero, mas pessoas assim acabam se alimentado do próprio veneno, fogem da boa conduta . Como bem citado por você também aprendi a me calar do que me revelar de forma insensata, assim não cometeremos erros e nem magoaremos ninguém...

      Abraços e obrigada

      Excluir
  11. Oi, Cecília! Achei esse texto muito interessante e eu concordo com o que você diz. Ser sincero não implica ofender. Podemos dizer tudo o que quisermos a alguém, mas é preciso ser delicado, ser educado, não ser ofensivo. Acho que a verdade, quando dita por quem tem educação, gentileza e boas intenções, nunca ofende. Ao contrário disso, quando a verdade é falada por quem está mal intencionado, transforma-se em pura maldade.
    Gostei da frase final do seu post! Muito boa :)
    Beijos, minha amiga!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Isa,

      Amiga somo livres para dizer e fazer o que quisermos, mas isto não implica em agredirmos as pessoas, a educação é algo precioso, e podemos sim passar nossas verdades sem ultrapassar os nossos princípios, ao qual traduz o nosso direito de "SER HUMANO", gentileza gera gentileza, não é verdade?

      Beijos e obrigada pelo carinho

      Excluir
  12. ahhh tinha escrito um negócio bacana aqui, meus dedos loucos se embolaram,cliquei em algo errado e voltei lá pra página do diHITT, sumiu meu testamento todo, pode?

    Ciça eu amei este seu texto!

    Tão claro você colocou a diferença em expressar-se com verdade e personalidade e, agredir. Há uma distancia imensa entre os dois, quem agride não respeita o outro, ao invés de contestar o ato ou a ideia com a qual não concorda, expressa apenas ofensa e irritação com a outra pessoa.

    Na verdade a convicção sobre nós mesmos e sobre nossas ideias, quando é clara faz com que falemos qualquer coisa sem ofender, quem não respeita o outro, é que perde o estilo na hora de dizer as tais "sinceridades".

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato Van,

      A sinceridade é muito confundida com a grosseria e as pessoas se perdem nisto, deixando a sensatez de lado e agindo de maneira agressiva, invasora e inconseqüente, tirando o direito do outro, e ultrapassando as regras do respeito e com bem colocado por você o estilo também....

      Beijos e obrigada

      Excluir
  13. Não sei quantas vezes já disse isto, mas nunca é demais repetir: a gente pode falar o que quiser, mas não pode ser grosseiro. E ser grosseiro nem sempre significa um palavrão ou uma "verdade verdadeira". Grosseria também é interferir na vida do outro, dar palpite onde não cabe e não sabe e, a pior de todos: ter para si somente seu umbigo. O dedão aponta, enquanto três voltam pra si.
    Não gosto destas coisas.
    Portanto, fico com as estrelinhas que saem do meu mouse toda vez que venho aqui. Elas são brilhantes e coloridas. Que as boas energias lhe protejam sempre, querida Cecília.

    Abs

    Valéria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Valéria,

      Concordo com seu comentário, somos livres em nosso falar, mas precisamos de moderação nas palavras para não tornarmos grosseiros ao invés de verdadeiros.Também assino embaixo, verdades não significam que podemos interferir na privacidade alheia, o equilíbrio é fundamental,para não ultrapassarmos certos limites.,também não fã de tais comportamentos . Rsrsrs, amiga que as estrlinhas que saem do seu blog cada vez que entra no meu estejam brilhando sempre em seu coração, demonstrando o carinho que tenho por você e o quanto a admiro.....

      Beijos Valéria e obrigada

      Excluir
  14. Olá!Boa noite!
    sim...li atentamente...perfeito...então vou dar meus "pitacos"...
    ...eu sofro de "sincericídio", e como o próprio nome diz,posso "morrer" pela boca...mas, só que tem uma diferença muito grande em ser sincero e grosseiro...existem modos e dependem muito de quem você está lidando ...oras, então, vc não é sincero, dependendo da pessoa? Continuo sendo, somente que, espero o melhor momento...isto aprendi com a maturidade...e "quem fala muito, ouve o que não quer"?
    Nem sempre! Porque estamos usando como palavra chave: a verdade...e não existe "meia verdade...verdade da direita, ou verdade da esquerda..."...não podemos encarar a sinceridade, como defeito, e sim qualidade...
    Obrigado pelo carinho de sempre!
    Bom domingo!
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Felisberto,

      Amigo, não perdes em ter esta sindrome da sinceridade, bom seria se todos fossem contaminados por ela. Bom , concordo quando disse que não existem meias verdades, acredito nisto, e se é pra ser sincero, que sejamos de forma sensata e honesta, mas jamais podemos ultrapassar o limite do respeito e da boa educação o que difere totalmente do que é ser sincero.Realmente a frase em si não é verdadeira, por isto que o titulo quem fala o quer com intuito de afrontar e não dizer verdades, ouve o que não em estilo e com boa educação ao ponto de desarmar o que foi grosseiro.....

      Amigo,
      Beijos em seu coração e obrigada pelo carinho

      Excluir
  15. Oi Ciça..
    Amei o texto e concordo com o que você diz...'Que fala o que quer, vai ouvir o que não quer"...Amei a imagem...Não conhecia esse teu outro cantinho...Muito lindo! Ótima Semana!
    Beijos!
    San..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Sandra,

      Que delicia ter você aqui, este é meu cantinho mais lúcido, e és muito bem vinda nele....rsrs.....

      Beijos e obrigada

      Excluir
  16. Concordo. Tem dias que eu estou tão mal comigo mesma que prefiro nem chegar perto de certas pessoas. ´pólvora e fogo.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EI Paty,

      Tudo bem?.
      É muito recebê la em meu blog, seja muito bem vinda sempre.
      Quanto ao teu comentário, acredito ser uma fraqueza de todo ser humano...ao qual precisamos nos privar de certos importunos não e verdade? rsr

      Beijos e obrigada

      Excluir
  17. Você foi muito feliz ao escrever esse texto (leveza quanto argúcia), o título então ficou primoroso.

    Parabéns e continue assim, escrevendo de forma leve. Os homens tendemos a ser muito contundentes, beligerantes (mesmo quando nos esforçando para ser educados).

    Segue o link para um texto do Charlie Chaplin (Tão leve e arguto quanto contundente e beligerante):

    http://amilcarfaria.blogspot.com.br/2012/07/discurso-final-do-filme-de-charles.html

    Abraço,
    Amilcar Faria

    ResponderExcluir

Sua opnião edifica este Blog....

Autor

Minha foto
Minas Gerais
Sou uma águia em busca de sonhos, canto a musica do amor, e danço ao som dos ventos,tenho em minha boca o silêncio e em meu coração sentimentos......De boas palavras transborda o meu coração: "Ao Rei consagro o que compus: a minha língua é como pena de habilidoso escritor."(Salmos 45:1)..ciaborboleta2010@gmail.com